domingo, 30 de novembro de 2014


entregamo-nos
um ao outro
dentro dos lençóis
brancos
à tarde
e agora sabemos
e não sabemos
um do outro
escrevemo-nos
escrevemos


Adília Lopes

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

quinta-feira, 27 de novembro de 2014


Mal. 

Todo o dia angustiado, todo o dia tremendo de frio. 

Todo o dia pareceu um século, um pesadelo.

Todo o dia uma tempestade me desassossegou, todo o dia me senti mal, uma espécie de dor que não começa nem acaba, persiste intensa, contínua, por todo o corpo.



Al Berto

Eu a amava, em suma. 
E era infeliz. 
Mas como poderia ela algum dia entender essa minha infelicidade?
Há aqueles que se condenam ao cinzento da vida mais medíocre porque tiveram alguma dor, alguma desgraça; mas há também aqueles que o fazem porque tiveram mais sorte do que poderiam suportar...


Ítalo Calvino

quarta-feira, 26 de novembro de 2014


Temos de saber quando devemos ministrar a dose e em que quantidade 


e se esta tem ou não de ser repetida.



Henry Miller

ouve-me
que o dia te seja limpo e
a cada esquina de luz possas recolher
alimento suficiente para a tua morte. 

Al Berto

terça-feira, 25 de novembro de 2014


Todo o meu corpo está a arder quando chamo o teu nome e tu estás nua dentro dessas sílabas. 

É então que mais quero fazer amor, para confirmar que os teus braços fazem parte de uma luz antiga que despe o meu olhar.


Joaquim Pessoa

"Tinha o vento contra a cara e as nuvens e as ondas do mar por conta própria. Sofria muito de amores e não havia amor que durasse que não magoasse. Jurava-me que um dia viria a não ser eu, sem saber o que dizia , sem antecipar a ilusão. 
(...) 
Saudades de mim. De quem nunca fui.

Eu não queria. Eu nunca quis. Minto. Eu quis quando não sabia o que queria."




pedro paixão

Apaga-me os olhos, ainda posso ver-te. Tranca-me os ouvidos, ainda posso ouvir-te, e sem pés posso ainda ir para ti, e sem boca posso ainda invocar-te. Quebra-me os ossos, e posso apertar-te com o coração como com a mão, tapa-me o coração, e o cérebro baterá, e se me deitares fogo ao cérebro, hei-de continuar a trazer-te no sangue.




Rainer Marie Rilke

terça-feira, 18 de novembro de 2014


Meu coração bate sem saber
que meu peito é uma porta que ninguém vai atender




Arnaldo Antunes

segunda-feira, 17 de novembro de 2014


"Retirou uma fita da cabeceira da cama, apanhou o cabelo na nuca e suspirou, completamente acordada: 
"ficarei no teu sonho até à morte".


Gabriel García Márquez

...abro a casa 
para o teu silêncio 
mas não tenho leito 
para o teu cansaço... 



Mia Couto

Deus!


Que pode haver maior que o oceano, ou que seja mais forte do que o vento?! 
Minha mãe a sorrir olhou pros céus e respondeu: 
- Um Ser que nós não vemos, é maior do que o mar que nós tememos, mais forte que o tufão! 
Meu filho, é - Deus!




Casimiro de Abreu

domingo, 16 de novembro de 2014


O frio daquela campa, daquele corpo e daquele amor definitivamente sepultado no interior da minha pele, em cada instante da minha pele de mármore, na cara, no pescoço, no peito. 

O meu corpo de carne ou de mármore: carne congelada, sangue congelado, escuridão congelada.



José Luís Peixoto

Tem beijo que parece mordida, tem mordida que parece carinho, tem carinho que parece briga, tem briga que aparece pra trazer sorriso, tem sorriso que parece choro, tem choro que é pura alegria, tem dia que parece noite, e a tristeza parece poesia. tem motivo pra viver de novo, tem o novo que quer ter motivo, tem aquele que parece feio, mas o coração nos diz que é o mais bonito. Descobrir o verdadeiro sentido das coisas é querer saber demais.


O Teatro Mágico

Se é, se é


"pois a saudade é uma forma de ficar"

(Pe. Fábio de Melo)

sábado, 15 de novembro de 2014


"A solidão não é viver só, a solidão é não sermos capazes de fazer companhia a alguém ou a alguma coisa q está dentro de nós." 


J. saramago

sexta-feira, 14 de novembro de 2014


"Houve uma mudança de planos e eu me sinto incrivelmente leve e feliz. 
Descobri tantas coisas. 
Tantas, Tantas. 
Existe tanta coisa mais importante nessa vida que sofrer por amor. 
Que viver um amor. 
Tantos amigos. 
Tantos lugares. 
Tantas frases e livros e sentidos. 
Tantas pessoas novas. 
Indo. 
Vindo.
 Tenho só um mundo pela frente.
 E olhe pra ele. 
Olhe o mundo! 
É tão pequeno diante de tudo o que sinto... Meu tempo não se mede em relógios. 
E a vida lá fora, me chama."


Caio Fernando Abreu

quinta-feira, 13 de novembro de 2014


"Talvez seja mais como o que você falou antes, rachaduras em todos nós. 
Como se cada um tivesse começado como um navio inteiramente à prova d’água. 
Mas as coisas vão acontecendo… as pessoas se vão, ou deixam de nos amar, ou não nos entendem, ou nós não as entendemos… e nós perdemos, erramos, magoamos uns aos outros. 
E o navio começa a rachar em determinados lugares. 
E então, quando o navio racha, o final é inevitável.”

John Green

Por pudor sou impuro.


Manoel de Barros

quarta-feira, 12 de novembro de 2014


Calma. 
É só se manter longe
Longe, bem longe. 
Que longe nada afeta
Ou quase nada.


 Caio Fernando de Abreu.

terça-feira, 11 de novembro de 2014

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...